Blog

06/05/2019
Empatia para além da técnica



Ser psicólogo exige que estejamos em constante aperfeiçoamento. Sempre em busca do que há de novo em pesquisas, lendo inúmeros livros, fazendo vários cursos e trocando conhecimento com outros profissionais.

Apesar de todo esse conhecimento ser fundamental, ele não é suficiente. A forma que cada profissional recebe e acolhe seus pacientes é muito importante também. Oferecer um espaço de escuta e cuidado que faça cada paciente se sentir a vontade faz toda a diferença no trabalho realizado na clínica.

Estudos apontam que a qualidade da relação terapêutica entre o psicólogo e o paciente é um preditor confiável de bons desfechos em terapia.

Para isso, é importante que o terapeuta tenha uma relação autêntica com o cliente, sendo verdadeiro em tudo que expressa. Também é necessário valorizar e aceitar o outro como ele é e tendo uma compreensão empática da sua realidade.

Portando, um bom ambiente terapêutico é aquele que oferece cuidado, segurança, empatia e compaixão, para que as pessoas possam se expressar e falar sobre seus problemas e sofrimento sem que se sintam julgadas por isso, mas sim verdadeiramente acolhidas como um todo. E claro, tudo isso sem deixar o conhecimento técnico e teórico de lado.

< voltar