Blog

07/10/2019
Qual a relação entre ansiedade e desempenho?



Quando precisamos realizar alguma tarefa importante ou que exija algum desempenho, como fazer uma prova ou apresentar um trabalho, é muito comum que a gente se cobre para ter um bom resultado, o que pode acabar gerando muita ansiedade e preocupações.

Mas, ao contrário do que muita gente pensa, a ansiedade nem sempre é nossa inimiga. Na verdade, ela é necessária em diversas situações das nossas vidas e importante para que tenhamos um bom desempenho.

A curva de estresse e desempenho elaborada por Yerkes-Dodson é um ótimo exemplo disso. Imagine duas pessoas que precisam estudar para uma prova. A primeira não sente ansiedade nenhuma, enquanto que a segunda apresenta um grau elevado de ansiedade. Você consegue pensar em como será o desempenho de cada uma delas?

É bem provável que ambas terão algum problema para estudarem e fazerem a prova. A primeira pessoa pode não estar motivada ou se importar o suficiente para estudar e com isso não se comprometer com os estudos, enquanto que a segunda pode está se cobrando tanto ou preocupada em ir bem, que fica tão ansiosa que acaba tendo o seu rendimento prejudicado.

Quando se pensa em desempenho ou na preparação para realizar uma tarefa, é importante que encontremos um nível ótimo de ansiedade, ou seja, suficiente para te mobilizar para se preparar ou fazer tal tarefa, mas sem te sobrecarregar ao ponto de gerar algum problema.

Inúmeros fatores podem afetar a sua ansiedade, como por exemplo seu nível de exigência, a cobrança de outras pessoas para que você tenha bons resultados, a importância que algo tem para você, as expectativas em torno disso ou dos resultados, entre outras coisas. Por isso, identificar o que pode estar aumentando sua ansiedade é o primeiro passo para aprender a lidar com ela e buscar um desempenho melhor.

A terapia é uma ótima maneira para aprender a lidar com a ansiedade e outras questões que possam deixá-la ainda maior, assim como desenvolver habilidades para melhorar seu desempenho não apenas nos estudos, mas também em outras áreas da sua vida.


< voltar